Panfletos prometem dinheiro e amor

09jun07

Felicidade no amor, sucesso nos negócios, boa saúde. “Seja qual for seu problema nós temos a solução”, dizem os panfletos distribuídos nas ruas. Tarô, búzios e cafeomancia são os meios para resolver o que cada um necessita. Embaixo, o telefone e o endereço da vidente.

Conselheira Monique é uma que promete “sucesso financeiro” e “amor imediato”. Atende cerca de dez pessoas por dia, a maioria com idade entre 20 e 30 anos. Abre de segunda a sábado, é casada e espírita. Cobra R$ 30,00 no jogo de búzios e de tarô, e R$ 50,00 na leitura de borra de café e água. Tem 22 anos e trabalha com vidência desde os 13.

Monique emprega Patrícia Nascimento, recepcionista da vidente há um ano e meio. Patrícia não segue qualquer religião, mas acredita na fé acima de tudo. Conta que a maioria dos que procuram a conselheira querem resolver problemas amorosos. Além disso, muitos buscam emprego e aceleração de processos judiciais, como herança por exemplo.

Os búzios estão ligados à cultura africana. 16 pedras com aberturas são jogadas no ifá, tabuleiro feito de fibras. Cada búzio cai aberto ou fechado, e o conjunto dessas posições define o orixá que preside o lançamento. Se todos caírem abertos ou todos caírem fechados, o jogo é refeito.

Já o tarô exige maior técnica. O baralho é formado por 78 cartas, chamadas Arcanos. É dividido em quatro naipes, cada um simbolizando um elemento: paus é fogo, copas é água, espadas é ar e ouros é terra. Enumera-se de ás a dez, além de quatro figuras por naipe (rei, rainha, cavaleiro e valete). Conselheira Monique, apesar de ter o dom natural da previsão, precisou aprender a ler a combinação de símbolos do tarô.

A cafeomancia é a vidência pela borra do café. É originária dos países árabes, principalmente da Turquia, do Irã e do sul da Rússia, onde os czares consultavam o futuro. No século XVII, foi introduzida na França e na Itália, de onde se expandiu para o resto do mundo. Ainda é bastante difundida na Turquia e em países do norte da África.

Monique garante eficiência, mas muitos ainda a procuram para trabalhos como tirar marido de outra mulher ou para pedir bens materiais, o que ela não faz. A recepcionista Patrícia conta que antigamente faziam trabalhos para prejudicar a vidente, mas essa estratégia nunca funcionou. Até evangélicos procuram a conselheira por problemas espirituais, que não são resolvidos em sua religião.

Mas não é só pelo lado espiritual que a clientela da conselheira Monique aumenta. A vidente investe bastante em publicidade. Além dos panfletos distribuídos pela região, anúncios em rádio e jornal atraem as pessoas. E há ainda uma faixa na casa da frente, cujo aluguel do espaço é pago religiosamente.

Muitos acreditam nas previsões de Monique, mas há quem duvida de seu dom. E vai ao sobrado da vidente para conferir. Quando percebe essa intenção, a conselheira se nega a atender. Sem fé, não adianta. “Porque a fé move montanhas”, completa Patrícia.

Márcio Ribeiro Garoni

(Agência Facos – 3/6/07)

________________________

  • Acho que foi a melhor matéria de todas. Pelo menos foi um assunto diferente, que dava mais liberdade, meio à piauí. Se bem que eu poderia ter ousado mais;

  • Minhas duas pautas tinham caído (outros também tinham feito elas) e aí eu fiquei sem lerda nenhula. Aí o professor me deu dois folhetos desses de vidente preu me virar. Só consegui uma;

  • Nem uma: não sei se deu pra perceber, mas eu não entrevistei a Conselheira Monique. Só a Patrícia. Vidente também tem horário de almoço. E eu precisava voltar logo;

  • A matéria saiu até didática! Ous vais mes dizeres ques sabias tantos sobres búzios, tarôs es cafeomancias?s

  • Foi meu último Agência do semestre. Agora, só em agosto;

  • Fui pra capa pela primeira vez!!!

Anúncios


5 Responses to “Panfletos prometem dinheiro e amor”

  1. Adoreiiii a matéria!
    Ficou muito boa mesmo!
    Adoro esses assuntos…me lembram as aulas de antropologia…
    beijo!

    Não entendi: começa com “Adoreiiii” e termina com “antropologia”. Qual a relação??? E eu louco por férias…

    Fazia tempo, hein! Tempo? Que tempo?

  2. Eu ainda não tinha lido inteira no dia q peguei o agência…muita boa! e olha q ou eu sou desatenta, mas nem tinha me ligado q vc não falou com a vidente!! acho q foi a sua melhor matéria mesmo, e enquadrou-se perfeito na linha do bróg! rsrs

    Quem lê aquela porra?!


  1. 1 vidente buena y barata
  2. 2 tarot y videncia del amor
  3. 3 tarotista fiable y verdadera

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: