Archive for fevereiro, 2008

Não sei se é daquelas sensações comuns a todas as crianças (afinal, nunca fui outra criança), mas às vezes eu achava que o mundo girava ao meu redor. Muito antes de Biguebróder, EdTV ou O Show de Truman. Silenciosamente, desconfiava de tudo o que o mundo teimava em me fazer aprender. Não era possível haver […]


Um exercício Apenas algo que ficou grande o bastante para incomodar. Deixei, cresceu, alimentado por todo sentimento, atitude. Monstro que, não estivesse fazendo isso, aqui, me devoraria por completo. Se bem que já me. Pouco a. Agora, que só restei isso, sem próteses que me possam sustentar, corro atrás do que perdi. Como se pudesse. […]