Um hóspede inusitado

25out08

O 2º DP de Cubatão, no Casqueiro, ganhou por uns dias mais um ocupante. Mas ele não era policial, muito menos bandido: era um filhote de beija-flor.

A escrivã Rose Maria disse que um beija-flor tinha sido atropelado por um carro, na Rua Cidade de Pinhal, no Centro. Momentos depois, um filhote da espécie começou a piar. “Nenhum beija-flor atendia; deve ter sido a mãe dele que morreu atropelada”, diz Rose. Ela passou a cuidar do filhote, e telefonou para uma veterinária para saber como tratar o pássaro. Rose foi orientada a manter o beija-flor aquecido, e sua alimentação especial, um néctar próprio para a espécie, era dada em um conta-gotas.

Como não tinha quem cuidasse do pássaro em casa, Rose o levava para a delegacia. A escrivã se recusou a colocá-lo em uma gaiola. Diferente dos flagrantes registrados na delegacia, ela não queria prender o pássaro. “Eu vou cuidar do beija-flor até ele se sentir bem”. Ele ficou pouco mais de uma semana recebendo os cuidados de Rose, até conseguir voar.

Jornal Acontece, edicão 389, 22 de outubro de 2008

Anúncios


5 Responses to “Um hóspede inusitado”

  1. demais, como sempre. haha

    Você quis dizer “besta demais, como sempre”. Grato.

  2. hauhauhua, quem sabe dá um colorido pra esse mundo cinza…;)

    beijos.

    Esse papo é muito estranho…

  3. 3 Ana Paula

    oun, que bonitinho!

    achei fofo!

    Vamo lá, todo mundo: OUNNN…

  4. 4 La Y. O.

    Ainda bem que existem pessoas como essa escrivã, que cuidou do beija-flor, mas não fez dele mais um prisioneiro da delegacia.
    Aqui onde moro, costumamos deixar um bebedouro e frutas para os pássaros, e temos que repor os alimentos todos os dias!
    Acredita que eles não comem as frutas deixadas pelo vizinho? Talvez, porque o vizinho possui um pássaro numa gaiola…

    beijos, Márcio,
    Larissa Spam

    Ah, claro, são os pássaros do século 21…

  5. Q show! Eu tmb to ajudando um beija-flor ele está na minha mão agora e já vou botá-lo pra dormir lá fora no canto q reservei pra ele. Ele caiu de uma árvore bem alta e machucou a pata e a asa, estou botando ele lá fora perto da árvore, a mãe vem e dá comida a ele, mas ela está desistindo de dar cimida a ele, e estou dando um néctar especial a ele q comprei numa loja. Mas como não poderei dar cimoda ao beijo (apelido dele) pra sempre estou ensinando ele a sugar o pólem e o néctar de flores e está dando certo! Está começando a aprender. Levo ele até a flor (ele n pode voar pelos machucados) e ele suga sozinho!
    bjbjo!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: