Jolie

10jun12

minha gata é louca, impossível
dura na queda, nunca vem quando eu quero
se chamo pelo nome, finge que não ouve
quando vou pegar, foge de mim
se deitada, chego perto, dá um migué e levanta
aí eu vou pra rua, ela vem atrás
passa o corpo por mim, pede carinho
atravessa a rua comigo, sobe as árvores tão alto que nem alcanço
minha gata é louca, impossível
minha gata é livre

Imagem

P.S.: Jolie foi achada ano passado, em um fim de tarde chuvoso, em frente meu local de trabalho, em Cubatão. Pequena, bem pequena, miava alto do lado de fora, havia uma caixa de papelão próxima (não esta da foto, uma menor), e, tomando chuva, estava indo pra baixo de um carro (era muito grande a chance de ir pro meio da rua e acabar morrendo atropelada). Tentei ver com alguém a possibilidade de adotá-la o mais rápido possível, porque não daria pra levá-la pra casa de ônibus, já que ela miava bastante. Não tive sucesso, e fui obrigado a desembolsar 50 reais num táxi que me levasse até a casa, com ela. Em casa tínhamos quatro gatas adultas (uma infelizmente morreu semanas depois), e uma cadela (hoje temos mais um cão), então a adaptação não seria fácil. Essa postagem é uma homenagem à Jolie, que nos deu e continua nos dando muitas felicidades. Uma pequena tentativa de eternizá-la.

Imagem

Anúncios


No Responses Yet to “Jolie”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: