aprendendo

12maio14

aprendi que nada vem do nada
nem mesmo esse sorriso bobo
que escapa vez ou outra
as piores piadas do planeta,
de risos doces e sinceros

não me vem do nada
a vontade de te ler
viver a puta estranheza
que é viver essa puta estranheza
de escapadas malucas e atrasos
rios de carinhos
longos papos na ponta dos dedos

e aí,
noite após noite
entre esses olhos sorridentes
aprender a viver tem sido mais fácil.

Anúncios


One Response to “aprendendo”

  1. Márcio poeteiro! Muito legal essa visão do aprendizado sutil, das pequenas coisas.

    Blog reativado? Uhull!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: