Archive for agosto, 2014

chegada

28ago14

da porta da sala um corpo que só sente não ouve não pensa não fala a chave dá uma volta para parar no mesmo lugar um corpo-olho que vê que tem uma cidade pra lá da janela e ela não tá nem aí pra você


desaprendendo

26ago14

perco o tino busco algo que faça sentido dos cacos, beijos e abraços quanto me embriaguei desse vinho? (já me faltam tantos sorrisos) tropeço e erro mais outra vez agora vocês estão aqui tribunal particular aos tropeços, tento um equilíbrio caminhando nessa corda estou entregue e perdidamente decidido a cair para levantar voo me deem […]