Archive for fevereiro, 2015

assombro grita o hiper real tornando a virar virtual pelos dedos nos celulares de quem já pensa no futuro se presenteando com passado sem flash, por favor! e a estátua morta diz ao namorado idem tranquilos espantalhos espantados: – é esse o tal preço da fama?


reencôncavo

02fev15

nesses lugares, a vista pode correr solta alcança os barcos à frente, boiando no rio ali, a ferrugem da ponte que une as duas cidades do outro lado, o alto do morro com sua cruz branca nuvens cinza, mais claras e amareladas traçando o céu em aquarelas daqui se vê o sossego pessoas conversam na […]