reencôncavo

02fev15

nesses lugares, a vista pode correr solta
alcança os barcos à frente, boiando no rio
ali, a ferrugem da ponte que une as duas cidades
do outro lado, o alto do morro com sua cruz branca
nuvens cinza, mais claras e amareladas
traçando o céu em aquarelas

daqui se vê o sossego
pessoas conversam na praça, vendo a vida passar
tão à toa
outra vida é possível
respira, se faz presente
como ontem,
desperto de um cochilo, nó na espinha
ela me espreitava da janela
como quem diz
“vēa”
indolente, preguiçosa
trazendo a felicidade que previ meses atrás
mas não imaginava tamanho engano

errando entre as cidades
vivendo para um dia contar as histórias
de como me vi aqui

Anúncios


No Responses Yet to “reencôncavo”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: